Inteligência Artificial e o Mercado de Alimentos

Inteligência Artificial e o Mercado de Alimentos

A inteligência artificial é a grande tendência para o futuro. No mercado de alimentos diversas marcas muito conhecidas já estão utilizando dessa tecnologia para melhorar a experiência do cliente. Em lojas físicas e websites, fabricação de produtos e gestão empresarial a IA tem ganhado cada vez mais lugar e destaque. Se você chegou nesse texto é porque deseja saber um pouco mais da aplicação dessa tendência no mercado de alimentos e está no lugar certo. Saiba mais abaixo!

Produtos completamente de fontes vegetais

A procura por alimentos de fontes vegetais tem sido cada vez maior principalmente com o crescimento de correntes alimentares como o veganismo. Nesse sentido, softwares de inteligência artificial já são capazes de desenvolver produtos que em sua totalidade são de fontes vegetais. São exemplos as carnes de plantas, queijos e maioneses que imitam o sabor e textura dos de fontes animais.

Esse avanço trazido por essa tecnologia permite testar diversas combinações de alimentos, contudo não é de primeira que temos um resultado perfeito ainda são precisas melhorias. Mas só de conseguir associar uma certa substância com infinitas outras com características semelhantes já torna todo o processo de desenvolvimento de um produto mais simples.

Melhora no atendimento ao consumidor

A experiência do consumidor está muito em alta. Com a ajuda da IA grandes marcas, como o Mc Donalds, já estão desenvolvendo serviços que se baseiam no comportamento da sociedade. Esses serviços têm como propósito diminuir o tempo em filas, realizar pedidos mais rápidos, comprar e pagar pelo app, comprar em casa e pegar em uma loja física, e muitas outras coisas.

Produtos determinados para cada região ou grupo demográfico

Com o intuito de ajudar as empresas a cada vez mais produzir serviços para o seu público alvo estão sendo desenvolvidos softwares de inteligência artificial. Estes utilizam algoritmos genéticos para classificar os consumidores. Os usuários podem ser classificados segundo gênero, faixa etária, situação econômica e etnia, por exemplo.

Gestão em cadeias de suprimentos

Planejamento de estoque, reabastecimento de estabelecimentos comerciais e otimização dos processos de compra de insumos para produção são uma das tantas aplicações da inteligência artificial na cadeia de insumos para a área de alimentos. Podemos destacar também a melhorias nos processos de fabricação com redução de desperdícios, a maior previsibilidade da demanda, redução de perdas por vencimento de validade e redução do custo de capital.

Utilizar a IA para gestão garante um grande volume de dados que podem ser utilizados até mesmo para campanhas de marketing.

Opções de Sabor, misturas e combinações

A facilidade ao se desenvolver um produto com ajuda da inteligência artificial já foi citada nesse conteúdo. Mas imagina você conseguir definir sabor, composição do alimento e preferências de consumo apenas com um software. Incrível, né?!

Monte o seu próprio refrigerante

É isso mesmo que está pensando. A inteligência artificial permite que sejam feitas inúmeras combinações de bebidas gaseificadas em máquinas de restaurante e lanchonetes. E os dados analisados pela preferência de consumo podem até resultar em um novo produto.

O lançamento da “Sprite Cherry” é prova disso. Uma grande marca que já utiliza essa tecnologia é a Coca-Cola. Ao ofertar mais de 150 combinações de sabores para os clientes, os mesmos são capazes de criar seu próprio refrigerante e ter experiências individuais com as bebidas formuladas.

Sensoriais online

Segundo o site Food Safety, a startup FlavorWiki, fundada em 2017, é uma plataforma de avaliação sensorial on-line das percepções e preferências de produtos pelos consumidores através de um aplicativo digital. A ideia é fazer os consumidores descreverem o produto através, por exemplo, da escolha do sabor mais intenso e do atributo que percebem no primeiro momento. A plataforma permite reunir preferências dos consumidores de forma global e com rapidez superior aos métodos tradicionais.

Depois de ler esse conteúdo ficou claro como a inteligência artificial é uma importante aliada no ramo de alimentos e bebidas. As marcas que querem crescer precisam inovar e trazer ferramentas que se destacam no mercado. Descubra agora novas formas de inovação no texto sobre Novidade: Embalagem comestível. Dessa forma, é notório que a agilidade e assertividade nos processos além da criação de produtos novos será o diferencial daqui para frente!

Com a CETA Jr. você pode desenvolver seu produto, mapear seus processos e rever seu layout industrial. O que você quer ter de diferencial para oferecer ao mercado? Nós podemos te ajudar! Entre em contato e saiba mais das nossas soluções.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *