Delivery 2020: Como foi Afetado pela Pandemia?

Delivery 2020: Como foi Afetado pela Pandemia?

Qual o impacto da Covid-19 no setor de delivery?

Em primeiro lugar, já sabemos que o mercado de delivery vem crescendo a anos, sendo assim boa parte das pessoas já se rendeu a tecnologia dos aplicativos. Seguramente é um grande avanço na comodidade poder encomendar suas refeições, mantimentos ou até remédios do conforto de suas casas. No entanto, qual foi o impacto da pandemia nas entregas a domicílio? E de que forma o crescimento desse setor afeta a população e os pequenos restaurantes? Além disso, esse artigo também abordará as medidas de segurança tomadas pelos aplicativos e por último qual será o futuro desse segmento.

Mas afinal, qual foi o tamanho desse impacto e como ocorreu?

“Desde que as conversas sobre o corona vírus se iniciaram, percebemos um aumento significativo no número de pedidos de supermercado — o que acreditamos ser uma resposta dos usuários preocupados com o tema incerto e medidas de quarentena sendo tomadas em diferentes cidades”, alegou a assessoria da Rappi.

Sem dúvida neste ano, com as complicações da quarentena, as pessoas evidentemente sentiram receio de sair e ficarem expostas. Sendo assim ter a oportunidade de fazer suas compras diretamente de casa com o aplicativo, evitando contato, como resultado fez com que ocorresse o crescimento do delivery.

Vamos falar das estatísticas?

Apresentando um crescimento de 60,67% no mês de abril em relação a março, como consta no site Isto é. Além disso, em São Paulo, durante a quarentena, os downloads de apps dessa categoria aumentaram em 700% como consta no site Mercado e Consumo.

Evidentemente isto não é uma coincidência, se considerarmos que este foi o início da pandemia, onde bares e restaurantes estavam sendo fechados. Por isso, muitas pessoas seguiam a risca as orientações da OMS de permanecer em quarentena domiciliar.

Uma vez que a busca por delivery se tornou mais intensa, logo as taxas de entrega também aumentaram, no mês de maio, o que pode explicar porque já no mês seguinte, junho, o crescimento em relação ao mês anterior abaixou para 4,32%. O ifood, por exemplo, chegou a 39 milhões de pedidos.

“A empresa entende que ainda é prematuro dimensionar o impacto da covid-19 no mercado de food delivery brasileiro. O iFood possui flexibilidade para ajustar rapidamente suas operações de acordo com as necessidades do mercado e está em constante contato com as autoridades, inclusive sobre esse tema”, disse a assessoria do iFood logo no início da quarentena, o que explica a rapidez e facilidade com que eles (e outros aplicativos) conseguiram se adaptar e trazer as medidas de precaução abaixo.

4 medidas de segurança que foram tomadas pelas empresas dos apps:

  • Incentivaram os seus clientes, com descontos e promoções, a pagarem pelo aplicativo, evitando assim o contato físico na hora da entrega.
  • Disponibilização de álcool 70%, máscaras e panos desinfetantes para a proteção dos entregadores.
  • Inseriram a opção “entrega sem contato”, cujo é solicitado ao entregador deixar o pedido na porta e se afastar por 2 a 3 metros, dessa forma, garante a segurança de ambos os lados.
  • Algumas orientações foram dadas aos entregadores e aos clientes, como por exemplo, o manuseio e o descarte das embalagens.

Como ficará no futuro?

Já é quase certo assumir que no futuro a utilização de delivery irá permanecer no cotidiano da população. Pois já se tornou uma opção muito conhecida e, agora, as pessoas tem ainda mais confiança no serviço.

É um setor que vem crescendo, e com isso as vagas de emprego também aumentam. Por exemplo, a empresa Rappi diz que aumentou em 30% a equipe de atendimento ao cliente e o presidente declarou que o número de colaboradores cresceu 4 vezes.

Sendo assim é possível dizer que no futuro essas empresas ajudarão a retirar muitos brasileiros da situação de desemprego, como já vem fazendo.

Em conclusão, uma empresa sempre precisa estar disposta a enfrentar desafios, precisando assim se reinventar e inovar com mudanças repentinas, onde podem ter muito aprendizado e benefícios. A CETA Jr. traz soluções que vão ajudar a crescer o seu negócio! Entre em contato conosco!

Gostou do nosso conteúdo? Talvez você se interesse sobre contaminação da Covid-19 nos alimentos em: Mitos e Verdades: CoronaVírus e os Alimentos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *